´Meu único desejo é um pouco mais de respeito para o mundo, que começou sem o ser humano e vai terminar sem ele" Lévi Strauss

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Uma Prece Indígena

Junho de 2011, era a primeira vez que entrávamos na Aldeia... 
Chegamos sem conhecer ninguém... Dois indiozinhos brincaram com a gente, sem falar o português, até porquê, são pequenos e só falam o guarani.... Levados pelas crianças, acabamos por conhecer a família que nos acolheu como amigos, e lá, até hoje somos muito bem recebidos como membros da família. 
Quando olhei para a Pará (o nome dela significa Oceano), senti que já a conhecia desde sempre....
Apaixonada, encantada, surpresa e feliz... foi assim que sai da aldeia naquele dia, e nunca mais, conseguimos deixá-la...
Em homenagem a esse povo que tanto amamos...

Prece Indígena

2 comentários:

  1. Que lindo, pacífico...que vontade de visitar!!! Obrigada pelo momento! Marlene Monteiro

    ResponderExcluir

Gratidão pelo comentário!!! Paz profunda!!!